Experiência de Fé – Dezembro 2020 – Fernando Fonseca

Experiência de Fé – Fernando Pereira de Assis Fonseca

“Aprendi com toda esta experiência que as práticas básicas da fé foram essenciais para a conclusão desses resultados!”

Chamo-me Fernando Pereira de Assis Fonseca, tenho 54 anos, sou membro há 9 meses e dedico atualmente no Johrei Center de Lisboa.

Aos 18 anos, tomei conhecimento, através dos meus pais, que era filho adotivo, sendo informado sem muitos detalhes. Ao questioná-los por me terem omitido um facto tão importante, por tanto tempo, fui muito criticado e condenado pela minha reação. Isso causou-me uma grande confusão, nutrindo um forte sentimento de conflito interior. Nos últimos tempos, essa situação estava a incomodar-me bastante. Paralelamente, passava por uma forte purificação financeira, decorrente dos desafios impostos pela pandemia. Na fase de confinamento obrigatório, fiquei alguns dias sem receber e ministrar Johrei, refletindo-se imediatamente na minha saúde.

Relatei os meus problemas ao Ministro e este orientou-me que a dedicação de acompanhar pessoas é o melhor caminho para superá-los, pois, na época, encontrava-me com mais disponibilidade de tempo. Comecei a dar assistência de Johrei a uma pessoa que vive próxima de mim e poucos dias depois, perguntei ao Ministro se havia outras para acompanhar. Este ficou surpreso pela minha iniciativa e indicou-me um senhor que estava acamado e havia solicitado assistência de Johrei em sua casa. No início, não realizei essa dedicação com regularidade, mas, posteriormente, passei a dar assistência quase que diária a essas duas famílias.

Neste mesmo período, solicitei o Sorei-Saishi (Ofício Religioso de Assentamento e Sagração dos Ancestrais) dos meus pais adotivos, como manifestação do meu sentimento de gratidão por eles.

Passados dois meses, no Seminário Nacional de preparação para o Culto Anual pelos Antepassados, a minha participação foi de suma importância para ampliar ainda mais o meu conhecimento e sentimento de gratidão pelos queridos Antepassados. Em conversa com o Ministro durante o estudo em grupo, assumi o compromisso de acompanhar mais uma pessoa, totalizando três.

Próximo à cerimónia, apresentei ao Ministro o meu desejo de dedicar nos preparativos dos Cultos que iriam decorrer nos dias 1 e 2 de novembro de 2020 no Johrei Center. Devo dizer que estava ansioso e fiquei muitíssimo contente com a oportunidade de servir a todos os Antepassados ligados aos participantes em geral.

No meu formulário, além de algumas gerações da minha família, acrescentei a 1ª e 2ª gerações da minha ex-esposa que, para mim, representou uma grande conquista, pois passamos por muitos conflitos, até mesmo após a separação. Além disso, iniciei uma prática diária de materialização da gratidão através de donativos.

Dias após o Culto, tive um entendimento claro do meu principal questionamento, que me acompanhava há 36 anos: passei a aceitar a decisão dos meus pais adotivos de não me terem dito a verdade desde o início e, consequentemente, comecei a sentir uma imensa gratidão por tudo o que eles fizeram por mim. O peso que eu trazia na minha alma foi purificado num curto espaço de tempo! Foi e está a ser uma sensação inexplicável! Paralelamente, tanto a minha situação financeira como a minha saúde, melhoraram ao ponto de não precisar de recorrer a meios paliativos.

Aprendi com toda esta experiência que as práticas básicas da fé foram essenciais para a conclusão desses resultados. Digo também que não foi fácil no meu dia a dia ter discernimento nos momentos mais difíceis. Mas, para o conseguir, nada seria possível se não tivesse tido o apoio das dedicações, dos Ensinamentos e das orientações.

Como agradecimento, tenho vindo a fazer o meu esforço máximo através da gratidão diária e mensal. Decidi também solicitar a Imagem Consagrada de Meishu-Sama, para tornar o meu lar num ponto de expansão da Luz da Salvação para o maior número de pessoas.

Desde a chegada à Igreja Messiânica Mundial, coloquei a minha vida a serviço de Deus, tendo Meishu-Sama como meu Senhor e Salvador.

A todos os dedicantes, missionários e Ministros que fizeram e fazem parte deste meu caminho de renascimento, a minha imensa gratidão!

A Deus e a Meishu-Sama, a minha Gratidão Eterna!

Comentários não disponíveis.