Experiência de Fé – Outubro 2019

Experiência de Fé – Anabela da Silva Cutilada Cadilhe

“Constatei que o nosso coração fica repleto de felicidade quando estudamos e praticamos os Ensinamentos de Meishu-Sama!”

O meu nome é Anabela da Silva Cutilada Cadilhe e dedico no Johrei Center do Porto.

Desde que conheci Meishu-Sama e a Flor de Luz, o meu interesse pelas flores foi desabrochando ao longo da minha caminhada. A Flor de Luz começou a acompanhar-me para todo o lado.

Ao frequentar o Curso Básico de Ikebana Sanguetsu, além de praticar em casa as Ikebanas com a intenção de deixar a minha família mais feliz, percebi que os meus familiares se tornaram mais calmos e o ambiente mais harmonioso.

Na segunda aula, o tema de estudo foi o Ensinamento: “Bondade e Cortesia” e a Professora orientou-nos para o colocarmos em prática ao longo do mês.

A experiência que mais me marcou foi a seguinte:

Havia um vizinho do meu local de trabalho, com muita idade e com dificuldade em andar, que passava todos os dias em frente à nossa loja e os meus colegas o achavam antipático. No decorrer da minha busca em praticar a orientação recebida, num dia chuvoso, estava a conversar na porta da loja e vi aquele idoso a descer a rua com um guarda chuva numa mão e sacos com compras na outra.

Sem dizer nada a ninguém, dirigi-me a ele e pedi que me deixasse ajudá-lo; ele aceitou e sorriu, deixando-me subir até ao apartamento e colocar os sacos na cozinha.

Ao entrar, percebi que aquele senhor, que todos julgavam como antipático, na verdade, era um homem triste, pois vivia sozinho com a esposa acamada há anos, e por isso, a sua postura pesada e amargurada; ele fazia tudo sozinho em casa e apesar da sua idade avançada, ainda cuidava da esposa doente.

Porém, naquele momento, ele ficou feliz, agradeceu muito e a partir daquele dia, passou a cumprimentar-me sempre que passava em frente ao meu local de trabalho.

A felicidade e a leveza que senti ao ajudá-lo foram tão grandes, que por alguns instantes me pareceu ter entrado numa nuvem de felicidade!

Ao regressar ao trabalho, os meus colegas questionaram-me onde eu tinha ido e acharam um absurdo eu ter ajudado um velho antipático.

Respondi-lhes que estava muito feliz e que, na verdade, aquele senhor era uma pessoa triste, sozinho e apesar disso, simpático e gentil! Não me arrependi de modo algum do meu gesto, apesar dos colegas terem troçado da situação.

Comecei, também, a praticar a cortesia com cada cliente que chegava à loja, fazia de tudo para fazê-los felizes e sentirem-se bem. Fazia uma Dedicação de Limpeza (Mitamamigaki) na mesa de reuniões, nas secretárias e cadeiras dos meus colegas. Observei que, com essa prática, os clientes ficavam mais sorridentes e isso trazia também felicidade aos meus colegas. Todas as secretárias e até a mesa da receção tinham sempre uma Flor de Luz.

Com esta experiência, constatei que o nosso coração fica repleto de felicidade quando estudamos e praticamos os Ensinamentos de Meishu-Sama! A Flor de Luz vai continuar a acompanhar-me sempre no meu dia a dia; nunca falta na minha secretária com o objetivo de levar Luz e felicidade a todos os clientes!

Muito obrigada!

Comentários não disponíveis.