Experiência de Fé – Natalício 2019

Experiência de Fé – Liliana Sofia Reis Jacinto Coelho

“Entendi que aquelas dificuldades eram uma oportunidade para eu mostrar as minhas capacidades!”

O meu nome é Liliana Sofia Reis Jacinto Coelho, sou membro há 15 anos e dedico no Johrei Center de Lisboa.

No Culto do Natalício de Meishu-Sama do ano passado, ao preencher o formulário de agradecimento e objetivos para 2019, comprometi-me a dedicar mais para o crescimento da Obra Divina em Portugal e devido a várias situações que ocorriam na família, senti que deveria também dedicar para a elevação dos meus Antepassados.

Outro objetivo foi o de crescer e viver cada vez mais em sintonia com os Ensinamentos de Meishu-Sama, ou seja, praticando-os, no meio familiar, profissional e na Igreja. Sendo assim, me propus a:

– Dedicar no mínimo um fim-de-semana por trimestre à Sede Central e participar de todas as caravanas;

– Uma vez por mês dedicar-me a apreciação do belo: música, cinema, teatro ou museus;

– Ler todos os dias Ensinamentos de Meishu-Sama. Além destes, ler também os seguintes livros: “Reminiscências sobre Meishu-Sama”, “Luz do Oriente” (biografia de Meishu-Sama), “Cem histórias da minha Fé” do Reverendíssimo Katsuiti Watanabe e “O cultivo da felicidade” do Reverendíssimo Tetsuo Watanabe;

– Continuar o Curso Avançado de Ikebana Sanguetsu;

– Aumentar o meu donativo semanal e de gratidão mensal de 10% para 11%;

– Participar de todos os Cultos Mensais de Gratidão e Cultos pelos Antepassados no Johrei Center;

Pondo em prática os compromissos que tinha assumido, várias mudanças ocorreram ao longo do ano:

Conforme relatei na minha experiência de Fé em dezembro do ano passado, Meishu-Sama presenteou-me com um emprego melhor do que tinha pedido, o que me deixou muito feliz. Naquela ocasião comecei a trabalhar para um cliente financeiro através de uma consultora de novas tecnologias, duas áreas que gosto bastante. Dois meses depois, o cliente abordou-me dizendo que queria que eu começasse a trabalhar diretamente com eles, mas ao contactarem a minha empresa, por razões contratuais, só após um ano é que eu poderia sair da consultora. No entanto, deram-me a palavra que após esse período integraria a empresa e fariam de tudo para que corresse sem problemas.

Nesse momento, agradeci a Deus e Meishu-Sama porque, além de estar confortável com o trabalho, com a consultora e com o cliente, tinha a certeza, de que Eles sabiam o que era melhor para mim.

Ao longo dos meses fui tendo desafios no local de trabalho. Eram situações delicadas que me deixavam bastante irritada porque tratavam o meu trabalho com arrogância ou porque não ligavam ao que sugeria. Nessas situações, entregava a Deus e Meishu-Sama, fazia donativo e rezava pela salvação das pessoas e da situação em questão. Dediquei na Sede Central pedindo a Deus e Meishu-Sama que me guiassem para agir da forma mais correta e ao mesmo tempo que eu conseguisse aumentar o meu amor pelo próximo.

Em todas as situações, tudo se resolveu rapidamente e no final, o meu trabalho sobressaiu ainda mais perante a chefia. Entendi que aquelas dificuldades eram uma oportunidade para eu mostrar as minhas capacidades, para ser paciente, para dedicar ainda mais pelos Antepassados que precisam ser salvos e aumentar o meu amor ao próximo.

No dia 28 de junho, recebi a Imagem Consagrada de Meishu-Sama em minha casa. Comecei a rezar diariamente a Deus e Meishu-Sama pelas minhas linhagens, amigos e pessoas conhecidas em purificação. Isso aumentou a minha sintonia com Deus e Meishu-Sama, renovando diariamente o meu compromisso de ser um instrumento mais empenhado na Obra Divina onde quer que eu esteja.

A minha família tornou-se mais harmoniosa. O meu irmão que estava a trabalhar num sítio em que o patrão era rude e mal educado, arranjou um outro emprego onde está mais feliz.

Consegui fazer férias com a minha mãe e disfrutamos da companhia uma da outra. Sempre tive mais afinidade com o meu pai e até há alguns anos atrás, apenas conseguia ver defeitos na minha mãe, sem conseguir reconhecer que ela fez o melhor por mim e pela família. Hoje, sinto muita gratidão por ela, por toda a família e pelos meus Antepassados. E várias mágoas que tinha desde a adolescência foram purificadas graças a Deus e Meishu-Sama.

Em outubro, depois das dedicações no seminário na Sede Central e do início das aulas de Ikebana, pela primeira vez, tive a permissão de encaminhar uma pessoa à Igreja. Senti-me verdadeiramente feliz por dar a conhecer Meishu-Sama!

Além deste facto, ao longo do mês, em vista ao Culto Anual pelos Antepassados, senti uma forte vontade de fazer um donativo de gratidão especial pela elevação e salvação dos meus Antepassados, bem como, preencher o formulário, algo que não costumava fazer.

Fiz o donativo especial com desapego e com muita gratidão a Deus e Meishu-Sama pelos meus Antepassados, pois sem eles não seria quem sou hoje e que somos uma equipa: eu a dedicar no Mundo Material e eles no Mundo Espiritual a dar o seu melhor.

No dia do Culto na Sede Central, entreguei o formulário e senti emoção e alegria, como se os meus Antepassados me estivessem a abraçar com gratidão. Fiquei muito feliz pelo Culto ter sido realizado numa Sede mais bonita do que no ano anterior, no entanto, vou continuar a dedicar para que no próximo ano, o Culto já possa ser com o Altar dos nossos Antepassados.

No final de novembro, o processo de contratação por parte do meu cliente, recomeçou antes do esperado e em dezembro, foi feita a proposta final que prontamente aceitei. Agradeci a confiança e confessaram-me que foi uma contratação difícil, fruto de alterações internas na empresa e de orçamento, mas que nunca desistiram e acabaram por conseguir a aprovação antes do esperado. Mais uma vez, materializei a minha gratidão a Deus e Meishu-Sama através de um donativo especial.

No início deste mês, outra graça que recebemos foi a permissão de encontrar o carro que tanto desejávamos. Na mesma semana em que recebi a aprovação para ficar na empresa cliente, recebi também a informação do stand que tinha chegado o carro que procurávamos. Ainda assim, o nosso carro usado teve uma avaliação acima do esperado e conseguimos comprar o novo com valor promocional e dentro do orçamento que tínhamos estipulado. Por mais esta experiência, materializei a minha gratidão através de outro donativo especial.

Darei continuidade ao meu compromisso da leitura diária de Ensinamentos, dedicar na Sede Central e no Johrei Center, esforçar-me, cada vez mais, para encaminhar mais pessoas e praticar sempre a minha gratidão semanal, mensal e especial.

Sou eternamente grata a Deus, Meishu-Sama e aos meus Antepassados por estarem sempre comigo e me guiarem em todas as situações.

Muito obrigada!

Comentários não disponíveis.