Experiência de Fé – Janeiro 2022 – Lara Mota

Experiência de Fé – Lara Mota

“Somente através do servir a Deus e a Meishu-Sama na construção do Paraíso Terrestre, teremos a verdadeira saúde, paz e prosperidade!”

Chamo-me Lara Sofia Pereira Teixeira da Mota, sou membro desde setembro de 2021 e dedico no Núcleo de Johrei de Amarante.

Nos últimos anos, tenho andado com muitos problemas pessoais, principalmente de saúde. Tive uma anemia crónica grave, sentia-me muito fraca, levei várias injeções de ferro e era acompanhada semanalmente. Tomei também muita medicação que acabou por danificar gravemente o meu estômago, passei a ter fortes crises regulares e não conseguia mais alimentar-me normalmente. Tive também, recentemente, que fazer uma histerectomia total. A nível profissional, tenho uma empresa de construção civil, que me tem dado muitos problemas financeiros. Também em casa, o meu marido e filhos não estavam bem, preocupados com a minha situação. Sentia que tinha perdido tudo, andava extremamente alterada, nervosa, fraca e sentia uma angústia constante.

Entretanto, em março de 2021, conheci o filho de uma amiga, o jovem Dinis, que me disse ser membro da Igreja Messiânica Mundial de Portugal, onde se sentia muito feliz! Na conversa, contei-lhe o que estava a acontecer comigo e prontamente me convidou para ir ao Núcleo de Johrei de Amarante. Andava sem forças nenhumas e, sinceramente, não tinha vontade para nada. Além disso, sempre que me dispunha a ir, acontecia algo para me impedir. No entanto, graças aos constantes convites e à sua paciência, passado algum tempo, tive a permissão de o acompanhar ao Núcleo de Johrei de Amarante. Fui muito bem recebida pelos Ministros e contei-lhes tudo o que estava a passar. Recebi Johrei por algumas horas e quando vim embora, senti-me bem mais calma.

Contudo, as semanas seguintes não foram fáceis; tinha dias que chegava ao Núcleo e só chorava, não falava nada, recebia sempre Johrei por algumas horas e voltava para casa. Outras vezes, questionava-me se valia a pena viver nesta angústia e vazio que sentia, mas recebia muito apoio e esperança por parte dos Ministros que me aconselhavam a dar continuidade, pois assim tudo iria melhorar graças a Deus e a Meishu-Sama.

As semanas foram passando e, embora atribulada de trabalho, desanimada, com muitos empecilhos pela frente, às terças e muitas vezes também às quintas-feiras, não deixava de ir ao Núcleo para receber o máximo possível de Johrei. O certo é que, gradualmente, comecei a sentir-me melhor, com mais forças e a cada semana, diminuíam as fortes crises de estômago.

Entretanto, aconteceu algo que confirmou a minha melhora! O médico, que me tinha indicado para uma operação ao estômago, após os últimos exames, disse que o sangue estava normal e que não precisaria mais de ser operada! Foi um grande milagre de Deus e Meishu-Sama! A minha vida sofreu uma volta muito grande, a saúde melhorou, o meu trabalho ficou muito melhor, não tenho mais angústia; agora, quando acordo, estou em paz e sinto-me muito agradecida!

Em setembro do ano passado, com muita gratidão e felicidade, recebi o Ohikari – Medalha da Luz Divina, para ter o privilégio de transmitir Johrei e ser útil na salvação do maior número de pessoas! Participo em todas as atividades do Núcleo, nos Cultos Mensais, recebo e transmito Johrei, materializo a minha gratidão através dos Donativos, todas as semanas confeciono Ikebanas em casa e até já comecei, com a minha família, a horta caseira com mudas cultivadas na Sede Central!

Aprendi com esta experiência que, somente através do servir a Deus e a Meishu-Sama na construção do Paraíso Terrestre, teremos a verdadeira saúde, paz e prosperidade!

Após receber o Ohikari, passei a transmitir Johrei diariamente ao meu marido e filho mais novo, com o Sonen de os encaminhar ao Núcleo para que pudessem, também, vivenciar o mesmo que eu. Demorou algum tempo, mas agora, já vão todas as semanas e por vezes, sozinhos, nos horários em que cada um pode. Sentem-se muito mais tranquilos e felizes e eu estou mais feliz ainda! O meu filho mais velho, que está connosco só aos fins de semana e que no início não aceitava, agora é ele que me pede Johrei! Recentemente, também comecei a transmitir Johrei aos meus sogros; já encaminhei duas pessoas à Igreja que vou acompanhar, com amor, tal como fizeram comigo.

O meu grande objetivo é encaminhar o máximo possível de pessoas para receber Johrei, ou seja, fazer o que o jovem Dinis fez comigo, tornando-me a “número um na felicidade de alguém”; e, neste novo ano, conseguir formar cem membros convictos, como nos tem orientado o nosso Presidente, Reverendo Carlos Eduardo Luciow.

No dia seguinte a ter escrito esta Experiência de Fé, o meu advogado ligou-me muito surpreso, a comunicar que tínhamos ganho uma ação judicial, referente ao meu trabalho, que estava há 3 anos parada e que, por palavras dele, não tínhamos grandes hipóteses, seria um caso perdido. Assim, com o coração cheio de gratidão, tomei a decisão de fazer um Donativo Especial para a Reforma da Sede Central.

Agradeço muito a Deus e a Meishu-Sama pelos milagres recebidos, por esta evolução e felicidade que sinto! À minha família por todo o apoio, ao jovem Dinis por me ter encaminhado à Igreja Messiânica Mundial e aos Ministros que, através dos gestos de carinho, estiveram sempre dispostos a ouvir-me, estando incansavelmente ao meu lado neste processo tão árduo.

Muito obrigada!

Comentários não disponíveis.