Experiência de Fé – Abril 2020

Experiência de Fé – Felícia Teresa Kachipito Muxindo

“Receber um milagre neste momento de crise em que vivemos, não só de saúde, mas também financeira, é inacreditável!”

O meu nome é Felícia Teresa Kachipito Muxindo, sou membro há 13 anos e dedico como plantonista no Johrei Center de Lisboa.

A experiência que passo a relatar está relacionada com uma situação de desemprego, na qual me encontrava desde novembro do ano passado. Nesse período, recebia pelo fundo de desemprego. Cheguei a candidatar-me para outros trabalhos, mas sempre sem sucesso. Como tinha disponibilidade, passei a dedicar na Igreja, todas as quartas-feiras a tempo inteiro, sendo que, anteriormente, só conseguia por quatro horas.

No início do mês de março, ou seja, pouco tempo após firmar esse compromisso, arranjei um trabalho num hospital público. Comecei a trabalhar e não tardou muito para a situação da pandemia mundial do novo coronavírus se agravar de forma assustadora. Rapidamente, o ambiente de trabalho, que era normal, mudou drasticamente, gerando uma enorme confusão. Procurei manter a calma e aproveitar para colocar em prática os Ensinamentos de Meishu-Sama no meu dia a dia e, principalmente, nesse ambiente infernal de trabalho. Apercebi-me, de que todo o trabalho difícil era deixado para mim. A situação chegou ao ponto de ser vista como uma “escrava” pelos meus colegas. Mesmo assim, não desisti e realizava o trabalho com espírito de dedicação, sempre acompanhado de orações e donativos de gratidão que fazia em casa, ao final do dia, na Imagem Consagrada de Meishu-Sama.

Foi um período muito difícil para mim, mas sempre enxergava Meishu-Sama no comando de tudo!

Passadas três semanas, recebo um comunicado de uma empresa multinacional na área de produção de materiais hospitalares, à qual havia feito uma candidatura, a convocar-me para uma entrevista. O resultado foi que, em pouco tempo, fui selecionada. No dia 6 de abril, iniciarei este novo emprego com muitas vantagens, a começar pelo salário que será quase o dobro em relação ao do emprego anterior.

Vale lembrar, que este trabalho surgiu através de um convite de uma colega da minha filha, que, juntamente com outras cinco amigas, apresentaram as suas candidaturas antes da minha, mas nenhuma delas foi selecionada. Ao saberem do meu ingresso na empresa, todas ficaram extremamente surpresas sem entender o que havia ocorrido, pois eu era praticamente a “última da fila”.

Receber um milagre como este no momento de crise em que vivemos, não só de saúde, mas também financeira, é inacreditável! Só Meishu-Sama!

Como agradecimento por esta imensa permissão, além do dízimo que já pratico regularmente, tomei a decisão de realizar um donativo de gratidão especial de 50% do meu primeiro salário. Tenho o compromisso de me empenhar em conduzir as pessoas para conhecerem esta grandiosa Obra e continuar com o meu compromisso de plantão no Johrei Center, já que o horário deste novo trabalho o permite.

Aprendi, com esta experiência, que Deus realmente está no comando de tudo e que foi graças às minhas práticas diárias de agradecimento que consegui alcançar tais resultados.

Agradeço a Deus, a Meishu-Sama, aos meus Antepassados e a todas as pessoas que estiveram envolvidas nesta experiência.

Muito obrigada!

Comentários não disponíveis.