Experiência de Fé – Agosto 2019

Experiência de Fé – Teresa Maria de Oliveira Pinho

Experiência de Fé - Agosto 2019

“Aprendi que para “entrar Luz na minha vida” precisei, em primeiro lugar, me esforçar para “levar Luz” para outras pessoas.”

O meu nome é Teresa Maria de Oliveira Pinho e dedico no Núcleo de Johrei de Gaia.

Em outubro de 2018, passava por uma situação de conflito que se estendia a todas as áreas da minha vida, deixando-me num estado infernal de vida, o qual também afetava toda a minha família.

Um amigo de Lisboa, que havia se tornado messiânico, falou-me da Igreja Messiânica Mundial de Portugal, que era muito boa e que eu deveria experimentar receber Johrei. Não me deu grandes explicações.

Dias depois, esse amigo estava a dedicar na Sede Central em Coimbra junto com a ministra responsável do Núcleo de Johrei de Gaia e telefonou-me para falar com ela. Nessa conversa disse-lhe que morava em Santa Maria da Feira e ela me respondeu que quanto maior é o esforço, maior é a Luz que recebemos. Assim, 4 dias depois fui à Igreja no Porto receber o meu primeiro Johrei. Senti imediatamente um grande alívio e disse para mim mesma: “É isto que eu estava a procurar!”

Comecei a frequentar a Igreja 3 a 4 vezes por semana para receber Johrei. Como vivo e trabalho em Santa Maria da Feira, ia de autocarro de manhã, que demorava uma hora de viagem e regressava a tempo de trabalhar de tarde.

Além do conflito que vivia, também passava por dificuldades financeiras pois sou professora e trabalhava apenas num part-time à tarde.

Com o recebimento de Johrei, pequenos atritos que tinha constantemente em minha casa começaram a acabar e percebi que as pessoas ao meu redor começaram a mudar em relação a mim, se tornando mais calmas e atenciosas. Hoje, sei que na verdade, quem estava a mudar era eu.

Motivada por estas graças, e com o desejo de ministrar Johrei, fiz o Curso de Formação Messiânica e recebi o Ohikari (Medalha da Luz Divina) em 23 de dezembro de 2018.

Fui orientada que precisava dedicar para “entrar Luz na minha vida” e assim esforçava-me muito para merecer essa bênção. Comecei a ministrar Johrei nos colegas de trabalho, fazia Flores de Luz, inclusive com meus alunos, praticava o donativo diário e mensal através do dízimo e desde novembro de 2018, dedico mensalmente na Sede Central de Portugal.

Todas essas práticas e as orientações que recebia dos ministros, foram me fortalecendo e elucidando de muitas coisas; como se estivessem a retirar, pouco a pouco, obstáculos que me impediam de enxergar e avançar. Comecei a encarar as dificuldades com outra força e conseguindo agradecer e entregar a Deus e ao Messias Meishu-Sama, algo que considero fundamental na minha vida.

Consegui um part-time no horário da manhã, coisa que estava muito difícil e o qual ajudou-me muito financeiramente.

A situação conflituosa que ainda estou a vivenciar, envolveu judicialmente toda a minha família, mas dedicava e entregava sempre a Meishu-Sama para que fosse feita a Sua vontade. Fui orientada a não me manifestar em tribunal caso fosse provocada e que deveria, nesse momento, agradecer dizendo “obrigada” para mim mesma e sem medo, confiar em Deus e Meishu-Sama. Sempre senti uma presença Divina, pois tudo se conjugava para que aos poucos, todas as avaliações e resultados fossem mostrando a verdade e com isso receber pareceres favoráveis.

Hoje em dia, ainda não está tudo resolvido, mas através da grande mudança e proteções que eu e a minha família recebemos, aprendi a ter confiança em entregar tudo nas mãos de Deus e Meishu-Sama, pois, seja o que for que acontecer, será para o meu crescimento e fortalecimento espiritual. Tenho perdido o medo de viver e de desafiar as minhas dificuldades, pois aprendi que o Espírito Precede a Matéria e que ao dedicar para purificar as nuvens espirituais, estarei preparando o futuro. É com essa convicção que dedico mensalmente na Sede Central em Coimbra.

Todas as graças que recebi, sempre procurei agradecer através de donativos especiais com o meu esforço máximo.

Aprendi que para “entrar Luz na minha vida” precisei, em primeiro lugar, me esforçar para “levar Luz” para outras pessoas e que através de praticar obedientemente os Ensinamentos de Deus revelados a Meishu-Sama e as orientações dos ministros, portas se abrem em nossa vida. Tive grande dificuldade em praticar o desapego, que através da Prática do Sonen tenho conseguido e percebido que será um aprimoramento para a vida toda.

Tenho o objetivo de manter todas as minhas dedicações e merecer de Deus e Meishu-Sama, expandir a Luz Divina em Santa Maria da Feira.

Agradeço a Deus, a Meishu-Sama e aos meus Antepassados por me mostrarem o caminho da Luz Divina e por estar a ter a permissão de mudar a minha vida; ao meu amigo que me encaminhou e à ministra que paciente e incansavelmente, nunca deixou de me orientar e incentivar, independente do dia e da hora.

Muito obrigada!

Comentários não disponíveis.