Experiência de Fé – Agosto 2018

Experiência de Fé – Carla Maria Carvalho Teixeira

“Aprendi, profundamente, o quanto foi fundamental a continuidade das práticas básicas da Fé no dia-a-dia!”

Experiência de Fé - Agosto 2018

O meu nome é Carla Maria Carvalho Teixeira e tenho 29 anos de idade. Tornei-me membro da IMMP em Maio de 2018 e pertenço ao Núcleo de Johrei de Amarante.

Nasci com as pernas arqueadas, motivo que me causou certas dificuldades na minha locomoção. Quando era criança por exemplo, não podia ouvir um berro com alguma coisa, que me afetava emocionalmente e deixava de andar.

Fui várias vezes parar ao hospital, pois já não conseguia caminhar normalmente, somente com o uso de canadianas. Após várias idas e vindas, os médicos não sabiam mais o que fazer! Como o estado de saúde se agravou, enviaram-me para o Hospital Santo António no Porto, onde fiquei internada durante um mês, realizando um tratamento à base de cortisona e fisioterapia.

Em 2014, iniciei um tratamento para não deixar evoluir a doença. Passados dois anos e por motivo de uma constipação, tive que interromper este tratamento. A situação agravou-se ainda mais, afetando até a minha autoestima.

Em janeiro de 2017, uma amiga ligou-me e perguntou sobre o meu estado de saúde e como estava com muitas dores, encontrava-me acamada. Conversamos um pouco e esta convidou-me para na quinta-feira seguinte acompanhá-la para conhecer o Núcleo de Johrei de Amarante.

Mesmo com muitas dificuldades, pois neste momento dependia de canadianas para me locomover, cheguei ao local onde fui muito bem recebida. Neste dia, recebi cerca de uma hora de Johrei e quando saí do Núcleo senti-me muito melhor.

Nesta oportunidade, recebi a seguinte orientação:
– Receber Johrei o máximo possível;
– Dedicar na confeção da “Flor de Luz” para levar a Luz de Meishu-Sama para os familiares, amigos e vizinhos;
– Ler o Boletim Mensal da IMMP;
– Participar das atividades principais do Núcleo.

Na quinta-feira seguinte voltei, levando mais duas pessoas, pois estas presenciaram a minha mudança. Durante esta semana, as dores desapareceram! Por incrível que pareça, já fui a conduzir e as canadianas ficaram em casa!

Passado algum tempo, deixei de participar de todas atividades e tive uma recaída. Em pouco tempo, retornou toda a situação em que me encontrava antes de conhecer o Núcleo. Foi então que procurei a minha amiga que me havia encaminhado e esta orientou-me a retomar todas as atividades. De imediato, mais uma vez, confirmei a importância da continuidade nas práticas o que me fez sentir muito melhor. Desta vez, fui orientada a realizar uma gratidão especial, através de um donativo pela bênção que recebi de Meishu-Sama.

Depois de realizar, não vacilei mais e decidi aprofundar os meus conhecimentos através das aulas de princípios messiânicos. No mês de maio de 2018, recebi a medalha da Luz Divina Ohikari e logo em seguida, solicitei o assentamento dos meus antepassados, através do Sorei-Saishi, onde senti diferenças imediatas na minha vida e família. Comecei a olhar para mim de uma outra forma melhorando, assim a minha autoestima.

Aprendi, profundamente, o quanto foi fundamental a continuidade das práticas básicas da Fé no dia-a-dia. A importância do trabalho de acompanhamento e da obediência, foram decisivos neste momento tão difícil.

Como já estou a cuidar de uma pessoa, vou-me empenhar no acompanhamento da sua Fé, à semelhança que foi feito comigo. Pretendo também daqui por diante, dar continuidade às práticas que já realizava, além de melhorar a minha gratidão diária e mensal e entronizar a Imagem Consagrada do Messias Meishu-Sama para a criação de um Lar de Luz.

Agradeço ao Supremo Deus, a Meishu-Sama, aos meus antepassados, que utilizaram a minha amiga que me encaminhou, ao Ministro, a missionária e a todos aqueles que estiveram presentes.

Muito obrigada!

Comentários não disponíveis.