Ensinamento do Mês – Maio 2020

ENSINAMENTO DE MEISHU-SAMA

DEUS DIRIGE A EXPANSÃO DA NOSSA IGREJA

O objetivo da nossa Igreja é a construção do Paraíso Terrestre e cada um de nós deve, em primeiro lugar, criar o Paraíso no seu próprio lar. Para isso, cada um deve tornar o seu coração paradisíaco. Coração paradisíaco é um coração sem sofrimento. Nesse sentido, a afobação é um sofrimento, porque agoniar-se e sofrer quando as coisas não acontecem como imaginado, é uma situação infernal. Portanto, devemos, pelo menos, livrar-nos do sofrimento. Assim, para eliminá-lo e não criar o inferno dentro do coração, o melhor método é através do sentimento de gratidão.

Devemos atentar para o facto de que todas as religiões, até hoje, consideraram o sofrimento como algo benéfico. Dentre elas, existem até as que o procuram propositadamente. O próprio cristianismo, uma das grandes religiões mundiais, desenvolveu-se praticamente por meio do sofrimento. Como os homens comuns têm esse facto gravado na mente, ainda que se tornem membros da nossa Igreja, não conseguem desligar-se dessa obsessão.

Tudo o que escrevi acima é porque o mundo se encontrava na Era da Noite, isto é, o mundo era infernal. Por esse motivo, mesmo que a pessoa se tornasse um admirável seguidor da fé, não conseguia escapar do sofrimento do inferno. Entretanto, foi anunciado o fim da Noite e agora o mundo está a tornar-se Dia.

É a nossa Igreja que guiará a construção do Paraíso Terrestre e, por esse motivo, como dito acima, para que o inferno não se estabeleça, devemos esforçar-nos para construir o Paraíso dentro dos nossos corações.

Jornal Eiko nº 147
12 de março de 1952

Comentários não disponíveis.